FANDOM


Irina Clockworker
IRavatar2
Informações Técnicas
Japonês イリーナ=クロックワーカー
Romaji Iriina Kurokkuwaakaa
Outros Nomes Ma
I.R. (pseudônimo)
AB-CIR (pseudônimo)
Abyss I.R. (pseudônimo)
Julia IR (pseudônimo)
Malícia (por Sickle)
Julia Abelard (pseudônimo)
Primeira a Santa Claus (codinome)
Vocaloid

Nekomura Iroha

Informações Biográficas
Nascimento BT 004
Classificação Ghoul
Gato de Pelúcia
Teatro
Gênero Feminino
Cor dos Cabelos Rosa (original; muda de acordo com o corpo)
Cor dos Olhos Castanhos (original; muda de acordo com o corpo)
Afiliações Reino Mágico de Levianta (antigamente)
Reino de Lioness (antigamente)
Reino de Marlon (desertou)
República Lucifeniana
Père Noël
Teatro do Mal
"Meu erro de cálculo foi não te percerbido as verdadeiras intenções de Abyss. Desde o início, ela não se importou em cooperar comigo e só me usou para suas próprias ambições. "
―Prim Marlon[src]

Irina Clockworker, também conhecida como I.R., AB-CIR, Abyss I.R., Julia IR, Julia Abelard, e Primeira, a Santa Claus, era uma poderosa feiticeira do Reino Mágico Levianta. Depois de ser mortalmente ferida na Catástrofe de Levianta, a maga habitou o corpo de um gato vermelho empalhado e começou a recolher os recipientes do pecado. Ao longo dos séculos, ela orquestrou numerosos incidentes para seus próprios projetos, evitando se encontrar com sua colega maga, Elluka.

HistóriaEditar

Início de VidaEditar

"Garota pecadora que matou três pessoas, você foi escolhida para se tornar a nova mãe."
―As palavras ditas à Irina depois que ela assassinou Elluka[src]

Irina foi criada em AG 004,a décima segunda ghoul criada por Seth Twiright, foi colocada Levianta como a irmã mais nova de Kiril Clockworker, vivendo em Lighwatch como aprendiz de artesão. Durante este tempo, ela aprendeu a melodia da Clockwork Lullaby. Depois que a sacerdotisa Elluka Chirclatia curou Kiril de ser um HER, a menina ciumenta fez amizade com a mulher quando ela foi morar com eles e se tornou noiva de seu irmão. Quando surgiram rumores de que Elluka havia se encontrado com o deus Held residindo em Elphegort, ela deixou claro para sua futura família que nunca havia deixado Levianta durante toda a sua vida.

IrinaEllukaStab2

Irina trai sua futura cunhada

Em 013 CE, Elluka e Irina foram selecionadas como possíveis candidatas ao Projeto 'Ma' após serem pesquisadas quanto à sua viabilidade. Quando o momento para a seleção final estava se aproximando, Seth Twiright sussurrou para ela que ela seria a nova Ma se as outras desaparecessem e Irina, abraçando sua verdadeira natureza como HER, começou a conspirar para eliminar as outras candidatas, empurrando Ly Li de um penhasco e enforcando Milky Eights. Com os incidentes enquadrados como um acidente e um suicídio, Irina se aproximou de Elluka e pediu que parassem de lutar, oferecendo-lhe a posição de Ma. Assim que Elluka abraçou-a em gratidão, Irina a esfaqueou nas costas e começou a rir e a chorar vendo sua morte.

A única sobrevivente candidata ao projeto, Irina foi aceita como o novo objeto de teste e Seth Twiright implantou nela as sementes de deus no instituto real. Quando o Reino Mágico foi destruido cerca de seis meses depois, Irina foi pega na explosão; embora severamente queimada, sofrendo hemorragia interna e perdendo todos os seus membros na destruição, ela conseguiu sobreviver. Enquanto ela morria lentamente, Irina foi abordada pelo severamente queimado Seth com um gato vermelho de pelúcia debaixo do braço.

Levada para o laboratório subterrâneo do cientista, Lunaca Labora, Irina teve sua consciência transferida para o gato vermelho empalhado, e aprendeu que a especialidade de Seth estava em substâncias de memória de forma variável e a aplicação de técnicas proibidas de transferência. O homem saiu logo em seguida e ordenou-lhe que continuasse a experiência. Alguns meses depois, em 014 CE, Irina viu sete luzes caírem no céu noturno ao sul, e soube que elas eram os recipientes de pecado que Seth estava experimentando criar.

Com o tempo, ela encontrou um propósito ao jurar vingança contra a aparentemente revivida Elluka, a quem ela percebia como a causa da destruição de sua terra natal, seu irmão, ela mesma, e os filhos concebidos em seu ventre. Irina, assim, estabeleceu-se em um novo objetivo para adquirir os recipientes de malícia para transformar as pessoas em HERs artificiais, como Seth a fez, possuindo corpos magicamente potentes para compensar a falta de habilidade de seu corpo felino.

Recipiente da LúxuriaEditar

"Vamos tentar aumentar meu número de amigos."
―I.R. sobre seu plano de criar mais HERs[src]
Chara img5
Referindo-se a si mesma como "I.R.", Irina viajou em busca dos recipientes de pecado, criando uma vasta rede de informações com subordinados dentro de vários governos e ganhando o apoio de um grupo dentro da seita Behemo de Levin entre outras organizações. Ao longo de sua jornada, ela ocasionalmente visitou a Árvore de Held em sua floresta; ela também descobriu Elluka tornou-se um vaso para os gêmeos deuses, Levia-Behemo e planejado para, eventualmente, roubá-los dela. Por volta do EC 135, Irina localizou a espada que continha o Demônio da Luxuria em um vilarejo em Asmodean e destruiu o local.

Enquanto estava lá, ela descobriu que Haru Netsuma tinha um poder mágico forte e possuiu o corpo da menina; Quando a maga tentou matar a irmã de Haru, Hakua, a consciência da mulher voltou por instantes e obrigou-a a não fazê-lo. Depois de coletar recipiente e cometer estragos para passar o tempo, I.Rl percebeu que ela poderia usar o contrato do Demônio da Luxuria para gerar HERs naturais para o mundo. Em dezembro de 135 CE I.R. escolheu o Duque Ilotte Venomania para ser o contratante do demônio devido a sua grande influência.

Iriina venomania

I.R. observando Cherubim fazer o contrato com o demônio

Preparando-se para encontrar o duque em sua mansão, a maga viajou para lá na data prevista apenas para descobrir que toda a casa havia sido massacrada, e o assassino preparado para cometer suicídio. Ao falar com ele, I.R. descobriu que o homem tinha uma deformidade facial e queria obter amor. Ela então ofereceu-lhe a espada da Luxuria e instruiu-o a fazer um contrato com o demônio. Quando o homem ouviu a voz do demônio, ela explicou que isso significava que ele tinha o direito de fazer o contrato com ele e o homem se esfaqueou com a espada.

GaleriaEditar

ApariçõesEditar

ReferênciasEditar